Home
História Slowly
Alicia
Alicia | 🇸🇬 Singapura
Escolha do Editor

Originally written in English. Translated by Claudia.

O desenvolvimento digital e a tecnologia moderna trouxeram inúmeras conveniências às vidas humanas, aproximando as distâncias de milhares de quilômetros e levando a um passo mais perto da vida inteligente. Por mais contraditório que isso pareça, também criou a lacuna invisível entre os seres humanos. Com que frequência você faz novos amigos em sua vida diária? Você já tentou conversar com um total estranho que conheceu durante o trajeto, o cara que estava sentado ao seu lado no trem, a balconista que o atendia todas as manhãs ou talvez o seu vizinho? As pessoas estão grudadas em seus aparelhos eletrônicos e muitas vezes prejudicam as pequenas interações humanas que experimentam diariamente, perdendo as oportunidades de conhecer novos amigos, novas pessoas.

Slowly tem sido uma ótima plataforma para mim. Uma introvertida desinteressante e entediada, que é um pouco tímida demais para se abrir e falar com os outros na vida real, mas no fundo gostaria de fazer novos amigos para compartilhar sobre seus interesses e pequenos momentos da vida.

Tudo começou no final de novembro do ano passado. Eu estava rolando na Playstore e me deparei com isso – Slowly: conecte-se ao mundo! A curiosidade me levou a clicar no botão ‘instalar’, e tudo o que posso dizer é que foi a melhor decisão que já tomei.

Todo o design do aplicativo é incrível. O avatar, o estilo minimalista e a coleção de selos! Depois de preencher minha descrição no “Sobre Mim”, deixei meu telefone de lado sem muita expectativa. E quer saber? Em poucas horas, recebi alguns convites por correspondência e algumas cartas estavam chegando!

A espera mata. Isso realmente me pega enquanto espero as cartas dos meus amigos. São várias localizações, algumas cartas chegam dentro de 30 minutos e algumas levam cerca de 3 dias. A espera é dolorosa, mas também é uma fonte de alegria, que você nunca experimentará através de mensagens instantâneas. Escrever uma carta traz à tona a ‘formalidade’ e, para fazer valer cada minuto de espera, você tenderá a se dispor o máximo possível, para que o receptor possa sentir sua sinceridade e a alegria que você compartilha com eles.

Algo muito legal sobre o Slowly: ele é realmente seguro para o usuário. Não apenas a solicitação de compartilhamento de fotos bidirecional é necessária, também há cotas de fotos definidas a cada 12 horas, para que todo o objetivo da escrita nostálgica possa ser preservado! Como não há fotos de perfil em destaque, incentiva a amizade que se concentra apenas em interesses e tópicos comuns, sem ser influenciada pelo fator de aparência, com o qual muitos de nós podemos nos considerar culpados!

Após 6 meses no Slowly, já conheci muitos amigos por correspondência de todo o mundo. Já fui ignorada duas vezes (cartas lidas e não respondidas), o(a) amigo(a) excluiu sua conta repentinamente e também me deparei com um ou dois esquisitos. Mas devo dizer que encontrei um dos meus melhores amigos na vida no Slowly!

Ele me enviou uma carta em 6 de dezembro de 2018. Obviamente, foi uma carta por auto-combinação. (Não posso agradecer o Slowly o bastante por isso!) No começo, minha impressão sobre ele não era muito boa, já que ele escreveu de uma maneira muito simples e reservada. Você não pode sentir muita emoção dele nas cartas. Normalmente, levávamos 2 ou 3 dias para responder à carta de cada um, até que um dia descobrimos que ambos compartilhamos o mesmo gosto musical. E desde então, descobrimos cada vez mais semelhanças: mesmas preferências de filmes, objetivos de vida semelhantes, valores em comum na vida… Posso continuar a lista até amanhã! Começamos a escrever um para o outro todos os dias e, a partir de hoje, ultrapassamos a marca de 125 cartas! E há mais cartas para serem contadas.

Ah, eu já mencionei que na verdade estamos a 2600 km de distância um do outro? Leva 8 horas para uma carta chegar, são pelo menos 16 horas para esperar que eu receba a carta dele depois que a minha foi enviada. Em alguns dias, eu até acordei às 5 da manhã, para responder a sua carta, para que pudéssemos utilizar todas as horas do dia e fazer 2 ciclos dentro das 24 horas! É um pouco louco, eu sei, mas esses são os pequenos momentos bobos que temperam nossa vida diária!

É claro que poderíamos seguir o caminho mais fácil, trocar nosso contato social e permanecer conectados por meio de mensagens instantâneas. Mas decidimos não fazer isso, e continuarmos no estágio atual até o dia em que nos conhecermos! Sem dúvida, não temos nenhum planejamento para nos encontrar tão cedo, tenho certeza que, quando o fizermos, nos daremos bem instantaneamente e continuaremos sendo o suporte da vida um do outro!

Às vezes, a amizade surge da maneira mais inesperada, se você estiver disposto a tentar!

Obrigada Slowly!

A.

Nota do PS:
No momento em que essa história foi publicada, ultrapassamos a marca de 500 cartas trocadas!
Um abraço especial para meu melhor amigo do Slowly, S.

 Envie sua história

SLOWLY

Conecte-se com o mundo agora!